PESQUISA NESTE SITE:

sexta-feira, 16 de junho de 2017

VARGINHA-MG - Pela 1ª vez, Supla é atração no Roça N' Roll: 'Grande sacada do rock é não ter preconceito'

Em entrevista ao G1, artista conta que quer alcançar público com novos sons e disco mais recente; evento ainda terá André Matos e atrações internacionais.


               O fim de semana vai ser um "prato cheio" para os amantes do rock pesado em Varginha-MG. Mais de 22 bandas se apresentam no Festival Roça N' Roll, que chega à 19ª edição neste Sábado (170617). 

               Entre as principais atrações estão shows de André Matos, ex-vocalista do Angra, do inglês Martin Walkyier, e do ídolo do punk, Supla. O cantor conversou com o G1 e falou um pouco sobre sua carreira e rock in’roll: 

“A grande ‘sacada’ do rock é não ter preconceito.”

               Longe de qualquer preconceito, o cantor paulistano soma tantos anos de carreira quanto multiplicidade de trabalhos artísticos. Cantor, compositor, ator, apresentador de TV... o que não faltam são versões do artista nestes 30 anos de carreira e pouco mais de meio século de vida.

               Pela primeira vez em Varginha, e conhecido por sucessos como “Green Hair (Japa Girl)” e “Garota de Berlim”, o artista conta que quer apresentar seu novo trabalho com o álbum “Diga o que você pensa”.

“E é porrada”
               Brinca o cantor sobre o novo disco. 

“Tem muita gente que não conhece todo o meu trabalho, apenas as músicas mais conhecidas. Então pretendo alcançar mais pessoas com outros sons e mais recentes.”

               Supla pediu perdão por não conhecer muito bem a história do ET de Varginha, mas como consolo, afirmou que “acredita em seres intergalácticos.” 

               E por falar em ícones da região, o G1 perguntou pro artista se ele pende mais para Milton Nascimento, de Três Pontas-MG, ou Pelé, de Três Corações-MG, cidades vizinhas de Varginha.

“Difícil escolher! Milton Nascimento, independente do estilo musical, tem uma voz de anjo. Ele cantando ‘Que Será, Que Será’ é animal. O Pelé sem comentários. Como jogador é um inventor de jogadas fantásticas. Além disso sou santista, então é impossível não gostar dele.”

               Com 11 anos a menos de história que o cantor paulistano, o Roça N’Roll em Varginha talvez divida as dificuldades em divulgar o rock pesado, que não é tão popular em solo brasileiro. Para Supla, a única forma de driblar as barreiras do gênero é não deixar de levar a sua música para qualquer lugar e qualquer público.

“[As dificuldades são] todas. 
Mas para mim não tem essa. 
Eu toco em todos os lugares, independente se é um espaço pequeno ou um grande espetáculo. 

A grande sacada do rock é não ter preconceito nenhum e fazer o mesmo show tanto em lugares pequenos quanto em lugares maiores. 

Eu respeito muito todos os que fazem rock, pois não é fácil, diante de um país multicultural como o Brasil onde o espaço, ultimamente, está mais dedicado ao sertanejo e funk.”

               E se a experiência é a voz da razão, qual é a dica de perseverança para as novas bandas do rock nacional? 

“Faço o que amo e com amor. E essa é a dica para qualquer artista novo: se não for por amor, você está na profissão errada. Além disso, precisa aproveitar todas as oportunidades para tocar, e tocar em todos os lugares.”


Roça N’ Roll

               A 19ª edição do evento conta com três espaços para shows, dois palcos e uma tenda. No repertório, estão shows com Andre Matos e banda (com a turnê do álbum Holy Land do Angra), do vocalista inglês Martin Walkyier (tocando clássicos do Skyclad com o Tuatha de Danann), Overdose, Project 46, Miasthenia, Soulspell, Supla, Aneurose, Lothlöryen, Salário Mínimo, Lobotomia, New Democracy, Scourge, Surra, Válvera e Venereal Sickness nos palcos.

               Na Tenda Combate, que abre oportunidade para novas bandas se apresentarem, se destacam os grupos Incurse (Varginha-MG), Until The End (Itaúna-MG), Apple Sin (Barroso-RJ), Crematório (Divinópolis-MG) e Herege (Maria da Fé-MG).


               Esta edição marca ainda o retorno da Ordo Draconis Belli, que faz no festival uma verdadeira “viagem no tempo” medieval e místico. No festival, será montada uma pequena vila com feira de artigos e artesanato inspirado na época e apresentação de lutas medievais.

               O evento conta ainda com uma estrutura de praça de alimentação, estandes para vendas de roupas alternativas, camisetas, CD’s, LP’s e outros acessórios do universo do rock e metal.

               O Roça N’ Roll abre os portões a partir das 14:00 horas deste Sábado (170622), na Fazenda Estrela, zona rural de Varginha

Capa do Site, link abaixo.

               Todas as informações do evento podem ser encontradas no Site Oficial.

              Como chegar:=> (((X))).

               Com Informações de: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o bom linguajar é a base de tudo!
Evite a crítica desconstrutiva, racismo violência, discriminação e assim evitará a exclusão de seu comentário!
O autor.

20 de Julho: Dia do Cosplay

Imagens e Frases de Dia do Cosplay