PESQUISA NESTE SITE:

26 de junho de 2017

UNAÍ-MG - Guias do IPTU estão sendo entregues; Vencimento da cota única ou 1ª parcela é 12 de julho

IPTU 2017 é entregue pelo CORREIOS.
O Vencimento é para 12 de Junho, data Favorável aos unaienses empregados ou aposentados.


              A Prefeitura Municipal de Unaí-MG, por meio da Secretaria da Fazenda - SEFAZ, lançou o Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU-2017, cujas guias já estão chegando às casas dos contribuintes. 

              Os Correios estão fazendo a distribuição. 
              No dia 12 de julho, vence o prazo para quem vai pagar a cota única, com 10% de desconto. 

              Para o contribuinte que optar pelo parcelamento, a 1ª parcela também deverá ser paga até 12 de julho. O vencimento das outras parcelas é 14 de agosto, 12 de setembro e 13 de outubro. 

              O pagamento deverá ser feito na rede bancária ou em casas lotéricas. Donos de lotes vagos e contribuintes que não receberem a guia de IPTU em casa (até 30 de junho) devem procurar a SEFAZ no prédio da Prefeitura.

              Os recursos do IPTU são usados na manutenção dos serviços públicos prestados à população. No ano passado, Unaí recolheu cerca de R$4.000.000,00. Apesar de esse valor representar o pagamento de meia folha mensal do salário dos servidores, o prefeito José Gomes Branquinho considera um "valor significativo para o município".

"O pedido que faço como prefeito é que a população pague o IPTU, para ajudar o município a prestar os serviços públicos necessários, e também para o contribuinte não acumular imposto atrasado. 

Se não pagou o do ano passado, pague o deste ano. Acumular não é um bom negócio"
              Afirma Branquinho.

              Segundo o prefeito, a Administração Municipal se dispõe a facilitar o pagamento de impostos atrasados, parcelando a dívida da melhor maneira possível para o cidadão. 

"Podemos facilitar a vida das pessoas parcelando as dívidas. Todavia, nem o prefeito, nem ninguém pode perdoar o valor e nem pode deixar de executar a dívida de impostos. Somos obrigados a fazer a execução desses valores"
              Explica Branquinho.

              Ele acrescenta que também não haverá anistia (perdão) de multas e juros incidentes sobre o valor da dívida: 

"entendemos que isso é penalizar as pessoas que pagam em dia. O que podemos é parcelar o valor do débito, para facilitar o pagamento. Se a pessoa não pagar o que deve, aumentam os juros e as multas"


              O contribuinte em dívida com o município, caso necessite retirar um documento (certidões, alvarás, notas fiscais avulsas) na Prefeitura, poderá ficar em dificuldades, pois só conseguirá o documento municipal se pagar os atrasados. 

              Se optar pelo parcelamento, o contribuinte conseguirá retirar o documento somente a partir da quitação da primeira parcela da dívida.

              Com Informações de: PMUnaí-MG.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!
Seu nome e sua cidade é muito importante!

UNAIENSES - DESTAQUE - 2017

UNAIENSES - DESTAQUE - 2017
Certificado de Destaque do ano

GRUPO LEIA UNAÍ

GRUPO LEIA UNAÍ
Participe também via Whats do nosso Grupo de Notícias

GRUPO FALA UNAÍ

GRUPO FALA UNAÍ
Participe também do Grupo Público no Whats

LEIA UNAÍ

LEIA UNAÍ

FALA UNAÍ

FALA UNAÍ