PESQUISA NESTE SITE:

domingo, 25 de junho de 2017

UBERLÂNDIA-MG - Médico alerta sobre cuidados com doenças respiratórias no inverno

Número de casos cresce devido ao aumento do frio e ar seco. A mãe de duas crianças conta como protege os filhos.


                O inverno começou nesta semana e com a estação mais fria do ano, além das temperaturas baixas e tempo seco, aumenta também o índice de doenças respiratórias. 

                Pessoas com sintomas de rinite, sinusite, resfriado e gripe lotam os postos de saúde. O G1 conversou com especialista sobre dicas e como se proteger dessas doenças que, por mais que durem apenas de dois a cinco dias, incomodam.

                Segundo os especialistas, as doenças respiratórias surgem com mais frequência no inverno, pois nesta época à medida que o frio aumenta e a umidade do ar fica mais baixa, começa a ter uma maior concentração de poluentes no ar. Outro fator é que as pessoas ficam em ambientes fechados, facilitando a proliferação dos vírus e, assim, contaminando quem estiver por perto.

                Juliana Esteves, de 29 anos, é mãe de um menino de seis anos e uma menina de cinco. Ela contou que nesta época do ano as gripe e resfriados são frequentes em casa e que além das crianças ficarem desanimadas, o gasto com remédios pesa no bolso. 

“Sempre que um deles fica doente, logo depois, o outro também contrai o vírus, as despesas aumentam,”
                Afirmou a auxiliar administrativa.

                O assessor técnico de urgência e emergência da Secretaria Municipal de Saúde de Uberlândia-MG, Clauber Lourenço, disse que nesse período o número de pacientes, principalmente crianças e idosos, com sintomas de doença respiratória cresce nas Unidades de Atendimento Integrado - UAI, Unidade Básica de Saúde da Família - UBSF e nos Postos de Saúde da Família - PSF.

"A incidência de crianças e idosos gripados ou com doenças respiratórias aumenta nessa época do ano, um dos motivos que eles fazem parte do chamado ‘Grupo de Risco’,”
                Afirmou.


Cuidados

                Clauber explica a importância de algumas atitudes da população que ajudam a evitar a contaminação. Entre elas a vacinação, que está sendo distribuída para o grupo de risco gratuitamente no munícipio. 

“As pessoas devem evitar o excesso de exposição a lugares frios e aquelas que fazem parte do grupo de risco devem ter feito vacinação contra a gripe."

                Juliana conta quais medidas adota para proteger os filhos nesta estação. 

“Quando chega o inverno começam as preocupações: os resfriados, nariz que escorre, as tosses, sem contar as noites em claro. Procuro agasalhar eles muito bem. O tempo muito seco deixa a pele mais ressecada e a respiração mais difícil, procuro sempre deixar um balde com água no quarto das crianças, ajuda bastante umidificando o ar,”
                Completou.

Tratamento nas unidades de saúde

                Segundo o assessor Clauber Todas, as UAIs, UBSFs, e PSFs de Uberlândia são equipadas principalmente por aparelhos que fazem a nebulização, que é o procedimento de inalar os remédios necessários para a melhora, principalmente dos pulmões.

                Além disso, ele também disse que os postos de saúde normalmente conseguem atender as demandas. Mas caso ocorra um aumento significativo, as equipes serão reforçadas.

                Com Informações de: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o bom linguajar é a base de tudo!
Evite a crítica desconstrutiva, racismo violência, discriminação e assim evitará a exclusão de seu comentário!
O autor.

23 de Julho: Dia do Guarda Rodoviário

Imagens e Frases de Dia do Guarda Rodoviário