PESQUISA NESTE SITE:

15 de julho de 2017

SÃO PAULO - Tiroteio após assalto a joalheria deixa um morto e dois guardas baleados no Centro

Ladrões fugiram e a polícia faz buscas para tentar localizados.Jovem que morreu estava passando pelo local quando foi baleado.

               Um tiroteio na manhã deste Sábado (170715) terminou em morte e feridos no Centro de São José do Rio Preto - SÃO PAULO
               Entre os feridos estão dois guardas municipais e o tiroteio aconteceu após um assalto a uma joalharia e relojoaria que fica na Rua Siqueria Campos.

(VEJA VÍDEO DA AÇÃO ABAIXO)


               A polícia confirmou que a vítima que morreu era uma pessoa que passava pelo local e acabou sendo atingida pelos disparos. 
               A vítima é um estudante de 17 anos. 
               Os ladrões fugiram e a polícia faz buscas para tentar localizados.

               Segundo a Guarda Municipal, uma pessoa avisou aos guardas sobre uma movimentação na relojoaria e os guardas foram até o local ver o que estava acontecendo. 
               Eles então foram surpreendidos pelo ladrão armado que estava do lado de fora. 
               Os guardas não estavam armados.

               Os guardas municipais feridos são um homem e uma mulher. A mulher levou um tiro na barriga e foi levada para o Hospital de Base, onde passa por uma cirurgia. O estado de saúde dela é estável. Já o homem foi levado para a Santa Casa e ainda não há informações sobre o estado de saúde.


               O estudante Pedro Henrique Bueno de Oliveira, de 17 anos, foi a vítima fatal do tiroteio no Centro de Rio Preto na manhã deste Sábado (170715). Ele estava com o tio, o advogado Marcelo Barreto, 48 anos, que iria comprar uma bota de presente para o garoto.

               Pedro Henrique era estudante do Colégio Agrícola de Mirassol e começaria a cursar a faculdade de medicina no próximo ano.

               Ao ouvir os primeiros disparos, Pedro disse para o tio: "Acertou em mim". O tiro atingiu o braço do estudante e a suspeita é de que a bala tenha percorrido o corpo e ferido órgãos vitais. 
               Ele morreu no local.

               Os pais de Pedro Henrique acompanham a remoção do corpo no local. Abalados pela morte do filho, preferiram não falar com a imprensa.


O tiroteio

               A troca de tiros aconteceu depois que ladrões tentaram assaltar a Joalheria Constantini, na Rua Siqueira Campos. Agentes da Guarda Civil Municipal que faziam patrulhamento pelo local abordaram os criminosos, que revidaram com disparos de pistola calibre 9 milímetros.

               Além do tiro que atingiu Pedro Henrique, três disparos acertaram um guarda municipal, que foi levado em estado grave para o Hospital de Base, e um outro atingiu uma guarda feminina, que também teve de ser socorrida.

               Os bandidos fugiram, deixando no local em um carro cheio de munições. A Polícia Militar faz buscas pela cidade, inclusive com apoio do Helicóptero Águia, para localizar os criminosos.


Outro caso de Tiroteio

               Este é o segundo tiroteio em menos de uma semana na Região Noroeste paulista. 
               Na Terça-feira (170711), um tiroteio terminou com quatro feridos em Olímpia-SP. O caso aconteceu por causa de uma cobrança de dívida de R$300.000,00 entre um advogado de São José do Rio Preto-SP e um empresário de Olímpia.

               No tiroteio, quarto envolvidos ficaram feridos e três ainda permanecem internados em estado grave em hospitais de Olímpia e Barretos-SP
               A polícia investiga o caso e a prisão de todos os envolvidos foi decretada.


               Com Informações de: G1.
               INFMTE: LNto.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!
Seu nome e sua cidade é muito importante!

UNAIENSES - DESTAQUE - 2017

UNAIENSES - DESTAQUE - 2017
Certificado de Destaque do ano

GRUPO LEIA UNAÍ

GRUPO LEIA UNAÍ
Participe também via Whats do nosso Grupo de Notícias

GRUPO FALA UNAÍ

GRUPO FALA UNAÍ
Participe também do Grupo Público no Whats

LEIA UNAÍ

LEIA UNAÍ

FALA UNAÍ

FALA UNAÍ