PESQUISA NESTE SITE:

1 de julho de 2017

PARACATU-MG - Vereador é investigado por compartilhamento de pornografia

A PC cumpriu mandado de busca e apreensão no gabinete do vereador Marcone.

                Segundo a Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Paracatu-MG, na manhã desta Quarta-feira (170628), foi cumprido pela Polícia Civil um mandado de busca e apreensão no gabinete do Vereador Marcone Lisboa (PC do B), onde foi realizado buscas por possíveis, aparelhos, arquivos e materiais, que contribuam para a investigação que pesa contra o vereador. 

Segundo informações, o Vereador Marcone é acusado de ter compartilhado conteúdos pornográficos de menores de idade em grupos do aplicativo WhatsApp

                A investigação segue a cargo do Delegado Regional da Polícia Civil Dr. Carlos Henrique, com objetivo de comprovar ou não o envolvimento do atual vereador. 

                Lembrando que, se comprovado o envolvimento do vereador Marcone do Paracatuzinho, na divulgação de conteúdos pornográficos de menores de idade, ele poderá responder perante a justiça segundo o art. 241 da Lei nº 8.069/90, do Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA, com pena de 3 a 6 anos de reclusão para quem apresentar, produzir, vender, fornecer, divulgar ou publicar, por qualquer meio de comunicação, inclusive rede mundial de computadores ou internet, fotografias ou imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo criança ou adolescente. 

                Procurada pela nossa equipe, a assessoria do Vereador Marcone não quis se pronunciar sobre os fatos. 

                Em nota a Assessoria de Comunicação da Camara Municipal de Paracatu, na pessoa da assessora Janaína Lopes, se pronunciou sobre o fato:

NOTA DE ESCLARECIMENTO A IMPRENSA

"A Câmara Municipal de Paracatu informa que foi cumprido Mandado de Busca e Apreensão no Gabinete do Vereador Marcone do Paracatuzinho nesta manhã de Quarta-feira (170628). 
                Segundo o Pedido de Busca e Apreensão no Gabinete do Vereador Marcone, a investigação diz respeito à reprodução de vídeo por meio do aplicativo WhatsApp em um grupo de pessoas com conteúdo de sexo explícito contendo menores, aparentemente enviado pelo remetente Marcone Lisboa
                Assim, o mandado de busca e apreensão no Gabinete do Vereador teve por objetivo o acesso à possíveis informações/arquivos de mídia, textos, imagens e vídeos que configurem sua participação no crime de divulgação de imagens pornográficas de menores, via aplicativo WhatsApp."

                Com Informações de: PNews.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!
Seu nome e sua cidade é muito importante!

UNAIENSES - DESTAQUE - 2017

UNAIENSES - DESTAQUE - 2017
Certificado de Destaque do ano

GRUPO LEIA UNAÍ

GRUPO LEIA UNAÍ
Participe também via Whats do nosso Grupo de Notícias

GRUPO FALA UNAÍ

GRUPO FALA UNAÍ
Participe também do Grupo Público no Whats

LEIA UNAÍ

LEIA UNAÍ

FALA UNAÍ

FALA UNAÍ