PESQUISA NESTE SITE:

sábado, 8 de julho de 2017

BRASÍLIA DE MINAS-MG - Abatedouro municipal é interditado, também em Januária

Fiscais encontraram animais sendo abatidos em condições precárias de higiene; local funcionava sem licença ambiental.



              O abatedouro municipal de Brasília de Minas-MG foi interditado, na manhã desta Sexta-feira (170707), durante uma fiscalização realizada pela Polícia Militar de Meio Ambiente, Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA, Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMAD e Crea-Minas

              A operação faz parte da Fiscalização Preventiva Integrada - FPI, que acontece em 18 municípios da região do Médio São Francisco, na região Norte de Minas.

              Segundo a assessoria da FPI, as atividades foram suspensas após os fiscais constatarem que o matadouro funcionava sem licença ambiental, causando degradação, e sem o serviço de inspeção e fiscalização de produtos de origem animal. 
              As práticas operacionais do abatedouro também eram inadequadas.

              No momento da fiscalização, nove cabeças de gado estavam sendo abatidas em condições precárias de higiene. Os animais também não tinham a guia de trânsito, documento que atesta as condições de saúde para o abate exigidas pela legislação. 
              Os fiscais encontraram ainda fetos bovinos de vacas abatidas prenhas.

              Em nota, a Prefeitura de Brasília de Minas informou ter conhecimento da interdição e disse que em 2014, o município assinou um Termo de Ajustamento de Conduta - TCO com validade de dois anos, que previa as adequações do local, mas só ocorreu em parte. 

              Ainda segundo a nota, a atual administração está trabalhando para que a população e pecuaristas locais não sejam prejudicados pela interdição.

              O G1 não conseguiu falar com a administração anterior.


Januária

              Durante a mesma operação, foram apreendidos peças de bovinos em um abate clandestino em Januária-MG

              De acordo com os agentes da FPI, as peças pesavam 578 quilos e foram encaminhadas para incineração em Montes Claros-MG. O responsável pelo local do abate foi autuado com multa de R$4.485,43 e suspensão das atividades.

              Os fiscais também apreenderam 187 quilos de aditivos vencidos que seriam utilizados em embutidos. O material foi encontrado em uma indústria registrada, que comercializa carnes e derivados.



              Com Informações de: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o bom linguajar é a base de tudo!
Evite a crítica desconstrutiva, racismo violência, discriminação e assim evitará a exclusão de seu comentário!
O autor.

23 de Julho: Dia do Guarda Rodoviário

Imagens e Frases de Dia do Guarda Rodoviário