PESQUISA NESTE SITE:

sexta-feira, 30 de junho de 2017

CORINTO-MG - Polícia Militar vái a Zona Rural e constata Trabalho Escravo

Trabalhador rural é lesado pelo fazendeiro, suspeita de trabalho escrevo e Fraude junto ao INSS.


               Na manhã de Quarta-feira (170628), na Fazenda da Garça, situada na estrada velha (de chão) que liga Corinto-MG a Contria
                A  PMMG em cumprimento a requisição do Ministério Público do Trabalho, no local fez contato com a vítima Sr. Ambrózio de Oliveira Santos de 66 anos, esse relatou que trabalha para o autor José Marques de Magalhães de 47 anos, vulgo “Juquinha”, realizando a manutenção geral da fazenda e recebia o valor de R$100,00 por mês. 
                Ainda segundo Sr. Ambrózio aproximadamente dez anos, data essa marcada pelo nascimento da filha do patrão, ele não recebe nenhuma remuneração pelo trabalho (ininterrupto) de domingo à domingo. 

                Vive em um pequeno cômodo coberto por telhas de amianto, sem banheiro. Ambrózio afirmou também que está esperando sua aposentadoria sair pelo INSS e que Juquinha o representa legalmente junto aos órgãos governamentais e banco. 
                A PMMG deslocou até o INSS onde foi constatado formalmente que Ambrózio está recebendo o benefício desde 21 de Janeiro de 2016. 

                A vítima afirma nunca ter recebido o dinheiro do benefício, levando a crer que Juquinha o padrão representante legal, poderá dá explicação sobre o paradeiro do benefício ao longo dos quinze meses, ao indagar a localização do José Marques (Juquinha), segundo a vítima o padrão está em viagem em férias no estado da Bahia, por esse motivo Juquinha não foi preso.


                Com Informações de: CurveloNews.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Educação e o bom linguajar é a base de tudo!
Evite a crítica desconstrutiva, racismo violência, discriminação e assim evitará a exclusão de seu comentário!
O autor.

23 de Julho: Dia do Guarda Rodoviário

Imagens e Frases de Dia do Guarda Rodoviário